Um novo ano vitícola apresenta-se. Embora, como é sabido, a vindima termine com o lavar dos cestos, nem sempre nos apercebemos que na vida dos viticultores do Douro, algo começa quase de imediato: uma nova campanha. No caso da Quinta do Infantado, mesmo antes de começar a poda, há que limpar os olivais e tratar da apanha da azeitona. Mas, claro, o foco principal é a vinha. É difícil apercebermo-nos que a videira é uma planta de ciclo de dois anos, sendo que a produção potencial de 2019 já está predeterminada na planta desde o ano anterior! No entanto, o que é mesmo difícil é resistir ao encanto e à fotogenia do rebentamento da videira no mês de Março. Mais uma volta, mais uma corrida, um nova “novidade” que se apresenta!