Portónic, sim ou não? Deixamos uma opinião externa, da blogger Rita Branco: “Os mais tradicionais, dizem que o Vinho do Porto não é para fazer misturas, mas… eu sou adepta da democratização desta bebida que muitas vezes está relacionada com pessoas mais velhas ou aquelas que percebem muito de vinho. E este cocktail, é uma das opções que aproxima o Vinho do Porto às pessoas.”
Por isso, aqui deixamos a nossa receita: 1 parte de Quinta do Infantado Porto White dry, 1 parte de água tónica, limão e hortelã q.b., acrescentar gelo a gosto.

Um brinde! Porque o Vinho do Porto… encanta!

(O Porto encanta)